Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

educação diferente

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Educação Especial e Deficiência.

educação diferente

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Educação Especial e Deficiência.

Sindrome X - Frágil - Estudo de Caso (número 7)

Conseguimos percepcionar melhor o seu desenvolvimento se efectuarmos uma análise, ainda que bastante superficial, aos seus PEI’s, que apresentaremos nas páginas seguintes.

 

1º Plano Educativo individual (1996 / 1999)

 

Objectivos Gerais

Objectivos Específicos

- Desenvolver a linguagem;

- Incrementar a cognição;

- Elevar a autonomia.

- Elevar o vocabulário, articulação e compreensão;

- Desenvolver a percepção visual auditiva;

- Aumentar a capacidade de memória;

- Desenvolver a autonomia pessoal e social.

 1º Plano Educativo Individual, 1996 / 99.

 

2º Plano Educativo individual (1999 / 2002)

 

Objectivos Gerais

Objectivos Específicos

- Desenvolver a linguagem;

- Aumentar a cognição;

- Elevar o domínio motor;

- Desenvolver a autonomia.

- Elevar a expressão oral/fala;

- Conhecer o funcionamento das trocas monetárias;

- Adquirir noções de tempo;

- Desenvolver o equilíbrio estático e o ritmo;

- Trabalhar a higiene pessoal;

- Aumentar a autonomia pessoal e social.

 2º Plano Educativo Individual, 1999 / 02.

 

3º Plano Educativo individual (2002 / 2005)

 

Objectivos Gerais

Objectivos Específicos

- Desenvolver a cognição;

- Elevar a comunicação;

- Elevar o domínio motor;

- Incrementar a autonomia;

- Elevar a capacidade sócio-afectiva.

- Elevar a linguagem expressiva;

- Desenvolver a autonomia pessoal e social;

- Conhecer o funcionamento das trocas monetárias;

- Aumentar a capacidade de coordenação geral;

- Desenvolver a motricidade fina;

- Trabalhar a higiene pessoal;

- Desenvolver a expressão escrita, leitura e cálculo.

 3º Plano Educativo Individual, 2002 / 05.

 

Em 2005/2006 a equipa multidisciplinar avaliou novamente a situação do aluno. Atendendo às evoluções realizadas nos domínios cognitivo, motor, sócio – afectivo, entre outros, assim como à idade e maturação do mesmo e elaborou um novo PEI, para mais três anos lectivos, tendo em vista, também, uma melhor transição para a vida activa.

4º Plano Educativo individual (2005 / 2008)

 

Objectivos Gerais

Objectivos Específicos

- Desenvolver a cognição;

- Elevar a comunicação;

- Elevar o domínio motor;

- Incrementar a autonomia;

- Desenvolver a capacidade sócio-afectiva.

- Elevar a linguagem expressiva;

- Desenvolver a autonomia pessoal e social;

- Experimentar áreas vocacionais;

- Conhecer o funcionamento das trocas monetárias;

- Aumentar a capacidade de coordenação geral;

- Desenvolver a motricidade fina;

- Trabalhar a higiene pessoal;

- Desenvolver a expressão escrita, leitura e cálculo.

4º Plano Educativo Individual, 2005 / 08.

 

Atendo ao leque variado de ofertas educativas de que o aluno usufrui, das experiências vividas e da sua evolução pessoal alteraram-se os seus comportamentos e atitudes tal como os seus gostos e preferências. Através da leitura do Quadro 10 podemos verificar que o Marco aumentou significativamente o seu leque de gostos e preferências e consequentemente as suas opções em questões de desenvolvimento e aprendizagem.

Gostos/Preferências

 

Em 1996 / 1997:

Em 2005 / 2006:

O aluno gostava de:

-jogar às cartas;

-passear.

 

 

 

 

O aluno não gostava:

-ir à escola;

-tomar banho.

O aluno gosta de:

-jogar às cartas;

-jogar computador;

-estar no recreio escolar com os amigos;

-participar nas actividades da sala de escolaridade e da culinária.

 

O aluno não gosta:

-participar nas actividades de cerâmica.

 

 

No que refere aos aspectos negativos estes foram transformados em positivos, talvez pelo facto de no seu processo de ensino/aprendizagem se ter diversificado o leque de opções de desenvolvimento. Facto que no entanto também se tornou negativo, uma vez que foi introduzida uma área para a qual o aluno não revela interesse.