Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

educação diferente

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Educação Especial e Deficiência.

educação diferente

Projecto da responsabilidade da apie - Associação Portuguesa de Investigação Educacional - Educação Especial e Deficiência.

Projecto - Clube Desportivo

O CLUBE DESPORTIVO

“Um projecto diferente”

 

INTRODUÇÃO

 

A escola de Ensino Especial poderá criar um Clube Desportivo, como um projecto orientado pelos alunos e dirigido à restante Comunidade Educativa.

 

Esse projecto possibilitará o seu desenvolvimento Físico, Cognitivo e Sócio-Afectivo.

O Clube Desportivo, como associação promotora do desporto, poderá desempenhar um papel fundamental de complemento às actividades escolares.

 

 

IMPLEMENTAÇÃO DO PROJECTO

 

 

Este projecto – Clube Desportivo – deverá ser dirigido a todos os alunos da Escola de Ensino Especial.

 

O professor ou técnicos responsáveis pelo projecto deverão reunir com alguns dos alunos mais velhos da escola em assembleia (uma turma ou grupo mais avançado).

 

Nessa assembleia, o professor ou técnicos responsáveis deverão explicar aos alunos algumas das finalidades e objectivos do clube desportivo (por exemplo: as suas obrigações; as actividades desportivas que poderão realizar; os cargos a desempenhar, etc.)

 

Antes de colocar os cargos à votação, o professor ou técnicos responsáveis pelo projecto, deverão explicar qual a função de cada um deles.

 

Os cargos do clube desportivo poderão ser diversos:

 

1º Exemplo: Pode ser constituído por: presidente; vice-presidente; tesoureiro; vogais.

 

2º Exemplo: Pode ser constituído por: presidente do futebol; presidente do atletismo; presidente do ténis; etc.

 

3º Exemplo: Pode ser constituído por: responsável pelo núcleo de desportos colectivos; responsável pelo núcleo de desportos individuais; responsável pelo núcleo de desportos alternativos; etc. entre outros.

 

Após a distribuição e votação dos cargos a desempenhar no Clube Desportivo, deverá efectuar-se uma acta dessa reunião de assembleia e explicar aos alunos a utilidade da mesma (como forma de organizar e arquivar os assuntos tratados em reunião).

 

A assembleia de alunos (ou do clube) deverá reunir-se uma vez por semana. Em assembleia, os alunos deverão propor, discutir e organizar as actividades desportivas do Clube.

É necessário que exista um dossier do clube, onde conste: Plano de Actividades; Actas; Estatutos do Clube; Sócios; Fichas de Sócios; assim como todos os assuntos relacionados com o clube.

 

A organização do dossier ficará à responsabilidade dos alunos (onde cada um poderá ser responsável por um assunto).

 

ACTIVIDADES DESPORTIVAS

 

O clube desportivo deverá organizar actividades direccionadas a todos os alunos da comunidade escolar, tendo em conta as suas capacidades e “limitações”, assim como os recursos existentes (físicos, materiais e espaciais).

 

Os alunos poderão programar actividades desportivas diversas, tais como:

 

-         Torneio de desportos de combate;

 

-         Jogos tradicionais;

 

-         Torneio de futebol;

 

-         Dinamização de uma equipa especializada numa modalidade;

 

-         Intercâmbios desportivos com outras escolas;

 

-         Actividades desportivas na praia ou campo;

 

-         Dança;

 

-         Jogos de orientação;

 

-         Corta-mato;

 

-         Entre outras.

 

As actividades programadas no plano de actividades do Clube Desportivo deverão ir ao encontro dos alunos organizadores e das suas motivações. Contudo, o professor ou técnico responsável pelo projecto, deverá elucidar os alunos (pertencentes à assembleia) para a necessidade da promoção de actividades dirigidas a alunos mais jovens ou com capacidades físicas mais reduzidas (de forma a responder a todas as necessidades da escola).

 

O objectivo do clube desportivo deverá centrar-se na promoção de uma diversidade de actividades desportivas, de modo a satisfazer todos os intervenientes nas mesmas.

 

PAPEL DOS DIRIGENTES DO CLUBE

 

Os alunos envolvidos no Clube (que serão os mais velhos da escola de ensino especial), deverão desempenhar funções ao nível da organização e dinamização do mesmo, tais como: angariação de sócios; realização de cartazes; produção de cartões de sócios; realização de diplomas e certificados de participação; coordenação das actividades desportivas (árbitros, juízes, staff, etc.); participação na assembleia; entre outras.

 

APOIOS FINANCEIROS E OUTROS

 

O Clube Desportivo deverá ser sempre orientado por um professor ou técnico que auxilie os alunos.

O Clube Desportivo poderá procurar apoios junto da Câmara Municipal ou Junta de Freguesia local, assim como junto de Instituições Privadas, de forma a comprar material desportivo como: bolas, equipamentos, raquetas, colchões, etc.

 

Poderá ainda angariar dinheiro através da venda de rifas; venda de um boletim informativo do clube; cotas de sócios; etc.

 

A busca de apoios poderá contribuir para o aumento do património do clube, assim como para o desenvolvimento dos alunos ao nível da autonomia, imaginação, criatividade (procurando e pensando em estratégias, de modo a reunir apoios).

 

OBJECTIVOS

 

Os objectivos de um projecto deste género poderão ser diversos:

 

-Promover o desporto;

 

-Elevar as capacidades e habilidades motoras dos alunos;

 

-Possibilitar a especialização numa modalidade desportiva;

 

-Proporcionar vivências desportivas aos alunos;

 

-Promover a competição;

 

-Desenvolver a autonomia;

 

-Elevar a comunicação;

 

-Desenvolver a imaginação;

 

-Entre outros.

 

VARIANTES DO CLUBE DESPORTIVO

 

Numa Primeira Instância, o clube desportivo deverá atender e responder às necessidades da escola e dos seus alunos. Promovendo actividades lúdicas, de modo a proporcionar vivências desportivas.

 

Todavia, e para além das actividades realizadas para os alunos da escola, poderá pensar-se numa Segunda Instância na realização de intercâmbios desportivos com outras escolas, de modo a possibilitar a troca de experiências e saberes; assim como, alargar o clube e o desporto para além da escola.

 

Numa Terceira Instância, o clube poderá debruçar-se na realização de eventos desportivos de maior dimensão, através de protocolos com Câmaras Municipais; Juntas de Freguesia; Instituto da Juventude; etc. De forma a proporcionar aos alunos experiências desportivas de maior destaque, assim como projectar o clube para o exterior (comunidade envolvente).

Numa Quarta Instância, o clube poderá especializar-se numa ou mais modalidades desportivas, participando em torneios e campeonatos escolares, de outros clubes ou a um nível concelhio.

 

O Clube Desportivo deverá ser orientado por um professor ou técnico responsável, que auxilie os alunos ao nível da organização e planificação deste tipo de actividades.

Este projecto – Clube Desportivo – poderá ser uma actividade possível de realizar em qualquer Escola de Ensino Especial ou do Ensino Regular.

Com o empenho de todos os intervenientes da Comunidade Educativa produzirá resultados bastante positivos a curto prazo.

Autoria: Prof. Pedro Santos

Data: 2004