Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

educação diferente

EDUCAÇÃO, SOCIEDADE E DEFICIÊNCIA

educação diferente

EDUCAÇÃO, SOCIEDADE E DEFICIÊNCIA

A braços com a Loucura. Ou melhor... Ensaiando

XXX

As sessões de psicomotricidade com Ruben eram dificílimas… Para além da sua problemática… Síndrome de lowe… O aluno estranhava qualquer tipo de ruído... Assim como... Qualquer contacto ou até palavra… Que a ele se dirigisse...

Da investigação que habitualmente fazia… Pedro constatou tratar-se de uma doença genética rara que causa deficiências físicas e mentais… Assim como problemas de saúde...

Também conhecido como síndrome óculo-cérebro-renal… Foi descoberta em 1951 pela equipa do doutor Charles Lowe... Segundo alguns estudos... Parece ser causada pelo mau funcionamento de um gene do qual resulta o défice de uma enzima… Enfim… Parece que esta enzima desempenha um papel importante no funcionamento metabólico de uma parte da célula… Com esta insuficiência… Desencadeiam-se problemas do foro ocular... E também... Do foro cerebral e até ao nível do fígado…

Esta problemática… Apresenta várias limitações e insuficiências... Como cataratas congénitas bilaterais… Que podem ser diagnosticadas à nascença ou pouco depois... Glaucoma… Em cerca de cinquenta por cento dos casos… Fraco tónus muscular e atraso no desenvolvimento motor e mental… Problemas comportamentais... Crises de epilepsia… Raquitismo… Fragilidade óssea… Entre outras coisas mais…

Durante as aulas individuais… De apenas meia hora cada… Pedro transportava-o até ao primeiro andar… Onde se situava o ginásio… No trajecto… Ruben gritava e auto agredia-se…

Os seus gemidos e gritos... Eram assustadores... Um misto de voz sofrida e engrossada pelo tempo... Num corpo acriançado e demasiado castigado pela vida que levava... Como um adulto isento de palavras... Escondido e aprisionado num corpo ainda muito primaveril...

Pedro sentia-se impotente face à situação… Todavia… Utilizou colchões para delimitar uma zona… Colocou algumas bolas e objectos… As pistas tácteis… Auditivas… Proprioceptivas… Enfim… Corpos estranhos… De características sonoras… Diferentes tipos… Com água… Quentes e frios… De diferentes cheiros e odores... Entre outros…

Foi com a água que Pedro pareceu entender algo… Isto é… A única altura em que o aluno se parecia acalmar… Era quando bebia exacerbadamente água pela garrafa…

Nessa altura… Tocava no professor… Nitidamente pedindo… Por meio do tacto e gestos… Para que este abrisse a garrafa… E lha levasse à boca…

Só nesse instante acalmava… Contudo… Se a tarefa não tivesse o resultado desejado… O aluno irritava-se… Explodindo novamente toda a sua exaltação…

Lentamente… E com o passar do tempo… O novo professor… Foi doseando a água a dar ao aluno… Aos poucos… Mão na mão… Realizou o movimento de agarrar na garrafa… Abri-la e levá-la à boca… Fechá-la e pousá-la por fim…

Uma habilidade básica para qualquer ser humano… Que Pedro foi repetindo em todas as sessões… Até na sala de estimulação global número um… Com o auxílio de Telma… Que com o seu empenho… Passou a contribuir para o desenvolvimento… Através do treino… Desta actividade básica da vida diária…

Para além disto… O docente diversificou os locais… Para que o aluno se habituasse à estranheza e diversidade das situações… Ora no ginásio… Na sala do professor… Na do aluno e até no pátio… Variou as situações… Com música… Ou com a presença de mais pessoas… Telma… Luz… Ou até outros alunos… Que sempre o ajudaram e acarinharam…

Aos poucos… Ruben criou uma certa empatia por Pedro… E por Telma…

Certo dia… Antes da sua sesta… Estava insuportável… Nem Telma… Nem Rosa ou mesmo Luz… Ninguém o conseguia adormecer… Chamaram Pedro… Que ao entrar lhe disse:

- Que se passa amigo?...

Ruben pareceu acalmar-se ao escutar a sua voz… Pedro aproximou-se agachando-se junto deste nos colchões… Imediatamente… Ruben abraçou-o… Acamando-se para dormir… De dedo na boca...

Pedro emocionou-se… Sentindo-se quase pai… Na porta… Colegas e alguns alunos… Olharam-no com admiração...

O professor fechou os olhos e Ruben adormeceu... Consolado... Perfeitamente encostado... Deixando Pedro completamente babado... No sentido literal do termo...

António Pedro Santos

(Continua)...